domingo, janeiro 22, 2006

Cavaco presidente

Era o que se esperava, Cavaco Silva é o novo Presidente da República. Por um lado é a grande vitória dos media que favoreceram o candidato de direita em nome da intriga política que possibilitará a venda de jornais com títulos permanentes a acenar à crise política ao contrário do que aconteceria com qualquer outro candidato. Por outro lado, a derrota do Engº Sócrates que conseguiu colocar a teimosia e as querelas partidárias acima do interesse nacional; um Manuel Alegre apoiado pelo Partido Socialista embora de uma forma equidistante dada a fraca popularidade deste governo seria um sério adversário a Cavaco Silva. Por último uma palavra de apreço a Mário Soares que muito lutou pela democracia em Portugal com claro prejuízo pessoal enquanto muitos se acomodavam em casa com as pantufas que muitos lhe mandaram calçar neste momento. A memória é curta e ingrata !