quinta-feira, novembro 24, 2005

Política para jovens

Sem querer influenciar a votação decorrente, a política para jovens neste concelho tem caminhado num verdadeiro deserto, o mesmo é dizer que se tem afundado nas areias mais profundas do mesmo. Não vale a pena referenciar o que quer que seja a este nível porque é nula a acção direccionada a jovens, aqui incluído o fomento para o desporto bem como iniciativas de índole cultural. Não se pense, contudo, que o marasmo camarário envolto em algum proteccionismo financeiro traduzido em subsídios justifica a completa inacção associativa a este nível. É completamente absurdo que num concelho com um nível de desenvolvimento como este as alternativas se resumam ao balcão do bar mais próximo ou ao ambiente fumarento das salas de jogos. Para quando a criação de um espaço onde os jovens e menos jovens possam praticar exercício físico? Que incentivos existem para o prosseguimento de estudos dos mais carenciados? Para que serve e em que se tornou o Cine-Teatro?
É tempo de olhar para este concelho de uma forma equidistante do poder industrial e criar condições para que os nossos jovens tenham alternativas em termos sócio-culturais e desportivos.

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

“Para que serve e em que se tornou o Cine-Teatro?”

Caro Sr. muito tinha para lhe dizer mas como o tempo que posso dispensar para este tipo de coisas é escasso, vou referir-me apenas ao caso do Cine-Teatro.

O Cine –Teatro/Galeria de Arte de Vila Viçosa é “palco” de inúmeras e frequentes actividades/eventos:

• Exposições, (ex. de pintura), são constantes, é raro o mês que não é inaugurada uma exposição;
• Apresentações de livros;
• Seminários;
• Conferências (ex. Pedra Natural);
• Jornadas (ex. do Património, de História);
• Sessões solenes
• Cedência do espaço para reuniões/actividades de grupos, associações, etc;
• Representações de peças de teatro, nomeadamente pelo Grupo de Teatro de Amadores de Vila Viçosa;
• Festivais de Dança;
• Eventos organizados por estudantes;
• Eventos organizados pela Rádio Campanário;
• Projecção de Filmes
• Ensaios do grupo de teatro

Enfim, este espaço está praticamente sempre “em movimento”, dando oportunidade quer aos artistas calipolenses e não só de mostrarem as suas artes como a todos de contemplarem, participarem ou assistirem a inúmeros eventos, para que desta forma ocupem os seus tempos livres, adquiram o gosto pelas artes, se cultivem, aprendam alguma coisa ou simplesmente se divirtam.

O problema meu caro Sr. não é, de modo algum, a falta de promoção da cultura para os calipolenses, nomeadamente os jovens, simplesmente os eventos realizam-se e passam ao lado das pessoas que preferem estar nos cafés e nas salas de jogos como o Sr. diz.

Como sabe ninguém pode obrigar as pessoas a assistirem a actividades culturais, são opções de cada um.

Mas que elas se efectuam e são para todos os gostos isso não pode, de forma alguma negar, e obviamente não se restringem ao Cine-Teatro, muito pelo contrário.

Por exemplo este fim-de-semana (26 Nov) irá realizar-se um encontro de Revistas de Cultura em que autores espanhóis vão participar. Assim como uma visita guiada à tapada real inserida no programa da Semana Gastronómica da Caça.


Você também deve ser daqueles que anda cá a vê-las passar….

3:24 da tarde  
Blogger cáustico said...

Não vejo minimamente em que é que essas actividadas contribuem específicamente para os jovens do concelho dado que são abrangentes. De que serve realizar essas actividades se as mesmas não são suficientemente divulgadas talvez com o intuito de seleccionar implicitamente os seus potenciais visitantes? Eu dou uma sugestão: em vez de inundarem a minha caixa de correio com propaganda política metam de vez em quando um panfleto a anunciar isso que diz existir no Cine-Teatro. Boa?

4:26 da tarde  
Blogger O Restaurador said...

Concordo com ambos!!! Por um lado acho que as actividades que existem actualmente no Cine-Teatro Florbela Espanca, actualmente, se enquandram com aquilo que Vila Viçosa merece! Apenas discordo do sistema do cinema, que deveria abrir e exibir filmes na sexta-feira à noite, no sábado à tarde e no domingo à tarde e à noite!!! Mas, por outro lado também acho que cada vez que houve uma actividade de maior realce, penso que deveria ser enviado para todos os munícipes, tanto da sede de concelho como das freguesias rurais, uma panfleto a publicitar essa acção! Eu participei nas I Jornadas de História de Vila Viçosa e soube do evento por mero acaso!!!

Penso ainda que faltam alguns equipamentos em Vila Viçosa para os jovens, tais como uma Biblioteca Municipal, um Pavilhão Multiusos, um Parque de Campismo, uma Pousada da Juventude e um Parque de Desportos Radicais! Sou ainda da opinião que Vila Viçosa merece e já deveria ter à muito tempo Ensino Superior! Com Ensino Superior todos sairiam a ganhar!

Por fim, não esqueço que o actual presidente da câmara municipal de Vila Viçosa, depois de ter feito umas Festas dos Capuchos de arromba em 2001, em 2002 pura e simplesmente decidiu não realizar as Festas dos Capuchos, alegando que não tinha verbas.

5:24 da tarde  
Blogger cáustico said...

Muito obrigado pelo seu comentário e já agora boa sorte para o seu blog ;-))

7:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Caro restaurador tem que acompanhar a evolução dos tempos, pois felizmente já não estamos na época em que uma pessoa possuía o poder absoluto.
Quando diz que em 2002 o Sr. Presidente decidiu não realizar as festas dos Capuchos, isto não realidade não se passa assim.
Quem decide estas questões é o executivo sendo este composto, por 5 membros, todos eles com direito a voto na matéria. Por tanto será mais correcto dizer o executivo camarário decidiu...isto ou aquilo.

E também não sei como é que o Sr. é capaz de realizar uma festa sem verba. Conte-me o segredo! Dá muito jeito!
Ou será que pensa que se fosse possível não se tinham realizado? Qualquer presidente que tenha condições para tal, obviamente prefere fazer festa do que não fazer, não acha?

2:52 da tarde  
Blogger O Restaurador said...

Eu estou actualizado caro anónimo!
Estou tão actualizado que consigo ver que Vila Viçosa actualmente não tem condições nenhumas para jovens!

Quando por vissitudes da vida, tive que sair de Vila Viçosa, pensava que Vila Viçosa me dava todas as condições enquanto jovem! Pura inocência dos 18 anos!!! Só porque tinha bons bares, um boa discoteca, polidesportivos para jogar futebol era feliz e tinha tudo!...

Afinal enquanto jovem eu não tinha grande coisa...

Entretanto actualizei-me e tenho cinema todos os dias, tenho parque de campismo, tenho pousada da juventude, um pavilhão multiusos, uma biblioteca municipal, um centro de saude decente, um parque de exposições e feiras!...
Ah desculpe, enganei, afinal estou a falar de Castelo Branco e não de Vila Viçosa!!!

Sou profissional da área da tradução e se eu quiser trabalhar em Vila Viçosa tenho que me dirigir à biblioteca da Escola Secundária Públia Hortênsia de Castro de Vila Viçosa (e desde de já agradeço a amabilidade com que tenho sempre sido recebido!) porque não tenho uma biblioteca municipal para trabalhar!!!

Mas nem tudo é mau!

A meu ver uma das grandes obras do actual Executivo Camarário foi o Espaço Internet! Penso que é um espaço muito bem pensado!

Mas pouco mais há a anotar!...

7:11 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Carissímo Restaurador, Castelo Branco tem 25 freguesias e 57 mil habitantes, ou seja sete vezes mais que o concelho de Vila VIçosa.

Não queira misturar situações que são incomparáveis em todos os sentidos.

3:10 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home