segunda-feira, outubro 17, 2005

Grande galo

Temos a fama de ser os seres mais inteligentes do mundo, de fazer girar tudo à nossa volta, de dominar o mundo e de tudo amedrontar e de repente chegamos à conclusão que um minúsculo ser que nem é visível à vista desarmada pode causar uma mortandade de milhares de pessoas. A que insignificância ficamos reduzidos nestas alturas e o que lamentamos ter sido maquiavélicos, agressores e egoístas em certas ocasiões. Mas no day after, se o houver, é tempo de reabrir o paiol e adoptar de novo uma atitude beligerante para com o inimigo. Somos assim e nunca mudaremos...